O MINHO

O Minho


O Minho é uma província do Norte de Portugal, que estava inserida na antiga região Entre Douro e Minho e que foi formalmente confirmada por uma reforma administrativa havida em 1936. Está compreendida pelo Baixo Minho e Alto Minho. No entanto, as províncias nunca tiveram uma atribuição prática, portanto desapareceram do vocabulário administrativo (ainda que não do vocabulário quotidiano dos portugueses) com a entrada em vigor da Constituição de 1976, passando a região, neste caso inserida na chamada Região do Norte, com as suas sub-regiões do Cávado, Ave e Minho-Lima.
Atualmente, o seu território encontra-se na região estatística do Norte, repartindo-se pela totalidade das sub-regiões do Minho-Lima e do Cávado, e parcialmente pelas sub-regiões do Ave (concelhos de Vila Verde, Guimarães, Póvoa de Lanhoso, Vieira do Minho, Vila Nova de Famalicão e Vizela) e Tâmega (dois concelhos das Terras de Basto: Cabeceiras e Celorico de Basto).

No Minho poderá encontrar um riqueza cultural única. 

Braga, capital do Minho


Braga foi edificada em 16 a.C., com a designação de Bracara Augusta, em homenagem ao imperador romano Augusto (r. 27 a.C.–14 d.C.).
No século XI a cidade é reorganizada, provavelmente com a nova designação de "Braga". É iniciada a construção da muralha citadina e da Sé, por ordem do bispo D. Pedro de Braga, sobre restos de um antigo templo romano dedicado à deusa Ísis
A cidade de Braga, por ser uma das cidades cristãs mais antigas do mundo, possui um vasto património religioso. As igrejas abundam no seu centro Histórico à semelhança de Roma. Do seu património evidencia-se o Santuário do Sameiro e, pela antiguidade, a Basílica de São Martinho de Dume, datada do século VI e a Capela de São Frutuoso do período Visigótico, classificada como Monumento Nacional. No entanto, foi no século XI que se construiu o ex-libris da cidade, a Sé Catedral de Braga.
Destacamos ainda o Santuário do Bom Jesus do Monte, uma das referências do barroco europeu e candidato a Património da Humanidade da Unesco
Na gíria popular, Braga é conhecida como "A cidade da Juventude", que apesar de ser a cidade mais antiga de Portugal (mais de 2000 anos) é simultaneamente preenchida por muitos jovens e por um espírito jovem, chegando a ser distinguida como a cidade mais jovem da Europa. Em 2012, celebrou-se a "Braga 2012 - Capital Europeia da Juventude".

© copyright 2018 revista sim - all rights reserved
created by lc-design with lc-design google amp optimizer